O Banco de Portugal decidiu que os três interessados na compra do Novo Banco que estão selecionados para o efeito podem melhorar as respetivas propostas vinculativas até ao dia 7 de agosto, revelou em comunicado o supervisor bancário.

"Na sequência de convite dirigido aos três potenciais compradores que apresentaram uma proposta vinculativa no dia 30 de junho passado para que submetessem uma proposta vinculativa revista, o conselho de administração do Banco de Portugal deliberou hoje fixar a data de 07 de agosto para apresentação dessa proposta", lê-se no documento da entidade liderada por Carlos Costa.

O Banco de Portugal salientou que esta possibilidade já estava prevista no caderno de encargos relativo à terceira fase do processo de alienação do Novo Banco, que previa que os potenciais compradores são "convidados a apresentar propostas vinculativas em uma ou mais rondas sucessivas, podendo haver lugar a negociação e à exclusão de potenciais compradores".