O ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares, foi designado pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, para presidir à Comissão Permanente de Concertação Social (CPCS), revela o despacho esta sexta-feira publicado em Diário da República.

Segundo o despacho, o chefe do Governo indicou também a ministra de Estado e das Finanças, Maria Luís Albuquerque, o ministro da Economia, Pires de Lima, e a ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, para integrar a respetiva comissão.

Além dos membros do Executivo, integram também a CPCS duas confederações sindicais e quatro confederações patronais.

A última reunião em sede de concertação social, no passado dia 31 de julho, contou já com o ministro Mota Soares como titular da pasta do Emprego, substituindo no cargo Álvaro Santos Pereira, afastado do Governo no âmbito da última remodelação.