O indicador de sentimento económico melhorou na zona euro e na União Europeia em outubro, mantendo a tendência observada desde maio.

Dados divulgados esta quarta-feira pela Comissão Europeia mostram que entre os países que partilham a moeda única, o indicador de sentimento económico aumentou 0,9 pontos em outubro (para os 97,8) e ao nível dos 28 Estados-membros subiu 1,1 pontos (para os 101,8).



De acordo com os dados da Comissão, na zona euro este aumento assenta na melhoria da confiança no setor industrial e, numa escala menor, na confiança dos consumidores, tendo os índices de confiança baixado no setor dos serviços, do retalho e da construção.

O indicador de sentimento económico melhorou em três dos cinco maiores países do euro: Países Baixos (3,3), França (2,6) e Alemanha (0.8), enquanto se deteriorou em Espanha (-2,2) e Itália (-2).

Consumidores portugueses também estão mais otimistas

Também o principal indicador que mede o clima de negócios na zona euro melhorou no mês de outubro, mantendo a tendência de crescimento iniciada em maio. O indicador recuperou 0,18 pontos, para os -0,01, aproximando-se da sua média de longo prazo.

Segundo os dados do executivo comunitário, este é o sexto mês consecutivo em que o clima de negócios melhora entre os países que partilham a moeda única.