O presidente da Comissão Europeia congratulou-se esta quarta-feira pela conclusão do acordo de parceria com Portugal, sublinhando que os 26 mil milhões de euros que serão colocados à disposição do país são «uma pipa de massa».

Governo sublinha que fundos europeus vão ajudar na retoma

«Vinte e seis mil milhões de euros é uma pipa de massa, este dinheiro deve ser bem aplicado, que se calem aqueles que dizem que a União Europeia não é solidária com Portugal e com os países da coesão, trata-se agora de aplicar bem esses fundos», afirmou o presidente da Comissão Europeia,

José Manuel Durão Barroso, na apresentação do acordo de parceria, na residência oficial do primeiro-ministro.

Sublinhando que não há crescimento sem desenvolvimento, Durão Barroso enfatizou a necessidade de aplicar bem os fundos que Portugal terá há disposição nos próximos sete anos.

O acordo, celebrado ao abrigo da política de coesão, entre 2014 e 2020, define a estratégia para a utilização de fundos estruturais europeus e de investimento da União Europeia em todo o País.A parceria foi fechada entre as partes a 16 de julho.