As audições do ministro das Finanças, do governador do Banco de Portugal e do presidente da Caixa Geral de Depósitos na comissão de inquérito ao banco devem acontecer ainda este mês, recomendou hoje o Presidente da Assembleia da República, noticia a Lusa.

A posição de Eduardo Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, foi transmitida aos jornalistas pela secretária da mesa da Assembleia Idália Serrão (PS), após a reunião extraordinária da conferência de líderes hoje realizada no parlamento.

Do encontro resultou a recomendação de Ferro Rodrigues para que as audições de Mário Centeno, Carlos Costa e José de Matos decorram ainda este mês - as mesmas deverão acontecer na última semana de julho, mediante a disponibilidade dos inquiridos.

"Esta é uma questão política, não uma questão jurídica", vincou Idália Serrão, que acrescentou que a comissão de inquérito tem "poderes maiores" e capacidade para resolver questões como a levantada nesta conferência de líderes em torno das audições no inquérito à Caixa.