O Conselho da União Europeia adotou esta segunda-feira, em definitivo, a nova legislação comunitária que instaura limites máximos às taxas de utilização de cartões de crédito e de débito em operações de pagamento.

Os tetos máximos, que já haviam sido aprovados pelo Parlamento Europeu em março passado e são agora definitivamente adotados pelos Estados-membros, ficam fixados em 0,2% do valor da transação a pagar pelos comerciantes aos bancos pela utilização de cartões de débito e 0,3% para os cartões de crédito.