As receitas do Estado com taxas multas e outras penalidades totalizaram 693,7 milhões de euros até setembro, um crescimento de 21,4% em relação ao período homólogo.

As multas do Código da Estrada estão a crescer a um ritmo de 42%, garantindo ao Estado receitas de 70,3 milhões de euros, mas a principal subida vem das outras multas e penalidades diversas, segundo o Público. Aqui a cobrança totalizou 191,6 milhões de euros, um aumento de 69%.

No universo da administração central, as coimas e penalidades aplicadas aos conribuintes dispararam 80,2%.

A automatização dos procedimentos de cobrança coerciva do Fisco tem suportado o crescimento continuado das receitas com coimas e penalidades.