A petrolífera italiana Eni continua a reduzir a sua posição na Galp Energia, tendo agora alienado vários lotes de ações que levaram a sua participação a baixar para menos de 5% do capital da empresa portuguesa, informou esta sexta-feira a Galp.

Atualmente, a Eni - que já foi um dos principais acionistas da Galp, com uma posição de 33% - detém 41,4 milhões de ações da petrolífera portuguesa, correspondentes a 4,997% do capital social e direitos de voto da Galp, segundo a informação disponibilizada através de um comunicado enviado pela Galp à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Paralelamente, a Galp deu conta, num outro comunicado também disponibilizado no portal do supervisor do mercado de capitais português, que o The Capital Group Companies diminuiu no dia 07 de outubro a sua participação no capital social da empresa para baixo da barreira dos 2%, ou seja, deixou de ter uma participação qualificada na petrolífera portuguesa.