O indicador de confiança dos consumidores portugueses voltou a melhorar em julho, tal como o indicador de clima económico, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

A confiança dos consumidores tem dado sinais de recuperação desde janeiro, depois de ter atingindo o mínimo da série em dezembro do ano passado. Mas, apesar da recuperação, o indicador continua abaixo do nível a que estava em julho de 2012.

«O aumento do indicador de confiança dos consumidores observado nos últimos dois meses deveu-se ao contributo positivo de todas as componentes, sendo mais significativo no caso das expectativas sobre a evolução do desemprego», esclarece o INE.

Também o indicador de clima económico voltou a recuperar este mês, após registar o valor mais baixo da série em dezembro. Para esta melhoria contribuem todos os indicadores sectoriais, da indústria à construção e obras públicas, comércio e serviços.

No caso deste indicador, o índice está agora num valor mais alto do que estava há um ano.