Christine Lagarde foi hoje reconduzida para um novo mandato de cinco anos à frente do Fundo Monetário Internacional (FMI), anunciou a instituição em comunicado.

A antiga ministra das Finanças francesa, de 60 anos, era a única candidata ao cargo e recebeu o apoio de numerosos Estados-membros do FMI, incluindo os Estados Unidos.

Lagarde foi nomeada em julho de 2011 para um mandato de cinco anos como diretora-geral do FMI, sucedendo a Dominique Strauss-Kahn, envolvido num escândalo sexual. Agora iniciará um segundo mandato em julho próximo.