O Banco Central Europeu (BCE) anunciou esta quinta-feira que foi vítima de chantagem na sequência de um ataque informático, que se traduziu num furto de informações pessoais guardadas na base de dados do seu site público.

Esta intromissão conduziu «ao roubo de moradas de correios eletrónicos e de outros dados pessoais deixados por pessoas que se inscreveram para eventos no BCE», indicou a instituição num comunicado.

«Nenhum sistema interno nem qualquer dado de mercado sensível foi ameaçado», sublinha contudo o BCE, que tomou conhecimento deste roubo depois de ter recebido um correio anónimo a exigir dinheiro em troca da devolução dos dados.

O BCE, que afirmou ter modificado posteriormente as palavras passe no sistema, está a contactar as pessoas cujas moradas de correios, números de telefones e moradas físicas foram roubadas.