Os centros de emprego mais procurados do país vão ser obrigados a alargar o horário de atendimento já no mês de outubro.

A decisão é do Ministério das Finanças e será primeiro testada em centros de emprego como Gaia, Porto, Lisboa, Amadora e Sintra.

O horário de atendimento será seguido, sem interrupções, das 09h00 às 17h00, mas esta alteração poderá não fazer sentir-se em todos os dias da semana.

Numa segunda fase, o objetivo é alargar este modelo aos restantes centros de emprego.