«Intrigas e insultos entre agentes políticos» não promovem crescimento