As associações de proprietários dizem que é cada vez mais difícil arrendar uma casa. A justificação é a crise económica à qual se juntou a emigração e a saída de muitos estrangeiros que viviam em Portugal, sobretudo na periferia das grandes cidades, escreve a «TSF».

A falta de nascimentos leva a Associação Nacional de Proprietários a temer que o futuro tenha ainda mais casas sem ninguém. À «TSF», o presidente António Frias Marques diz que é preciso pensar se não vamos ter de demolir muitas habitações.

Recorda a «TSF» que o último recenseamento, feito em 2011, revelou que o número de casas vazias em Portugal ultrapassava as 700 mil. Os proprietários acreditam que entretanto aumentou.

António Frias Marques diz que os proprietários estão desesperados pois têm de pagar o IMI, mas é muito difícil arrendar.