O desemprego subiu em agosto. O número inscrito nos centros de emprego cresceu 2,1% face ao mês de julho.

A maior subida foi protagonizada por casais, com um acréscimo de 3,9% em relação ao mês anterior. Nos dados divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional registo, ainda, para uma queda de 10,6% no número de inscritos face a agosto de 2013.

O número de casais desempregados fixou-se nos 11.939 em agosto, menos 4,4% em termos homólogos, mas teve um aumento de 3,9% face a julho, deste ano.

Segundo as estatísticas mensais referentes ao estado civil do desempregado e situação laboral do cônjuge, disponibilizada pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) na sua página de Internet, o número de casais no desemprego recuou 4,4% em agosto face ao mesmo mês do ano passado, ou seja, menos 552 casais.

No entanto, face a julho, registou-se um aumento de 3,9% do número de casais em que ambos os cônjuges estão desempregados, uma subida de 445 casais.