O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, garantiu esta quarta-feira que a central sindical dá um voto de confiança ao Governo. Na conferência de imprensa posterior à reunião do secretariado da UGT, o líder afirmou: «estendemos a passadeira vermelha ao Governo. Da parte da UGT, o Governo tem todas as hipóteses para que possa vir à procura do diálogo».

«Damos um voto de confiança ao governo e à sua nova orgânica, e esperamos que o diálogo seja frutuoso», afirmou Carlos Silva.

Carlos Silva afirmou ainda que o mais importante que «a mudança das cadeiras e os rostos» do Governo é «a alteração das políticas», apelando para uma maior participação de todos os atores na Concertação Social.

«Mais importante que a mudança de cadeiras e os rostos do Governo é a mudança das políticas», disse o líder a UGT à imprensa no final de uma reunião do secretariado nacional da central sindical, em Lisboa.

«Embora a Concertação Social não tenha estado bloqueada, também não surtiu o efeito desejado», disse.