Arranca esta segunda-feira, 4 de dezembro, mais um programa Porta 65 Jovem, que apoia financeiramente os jovens que querem arrendar uma habitação.

O Estado compromete-se assim a pagar mensalmente uma percentagem do valor da renda. É possível simular valores antes de apresentar candidatura.

O programa destina-se a quem tem entre 18 e os 30 anos ou quem fizer parte de um agregado familiar considerado "jovem casal". Há ainda outros requisitos a cumprir:

  • têm de ser titulares de um contrato de arrendamento celebrado no âmbito do NRAU (Lei nº 6/2006, de 27 de Fevereiro), ou do regime transitório previsto no seu título II do capítulo I;
  • não usufruam, cumulativamente, de quaisquer subsídios ou de outra forma de apoio público à habitação;
  • nenhum dos jovens membros do agregado seja proprietário ou arrendatário para fins habitacionais de outro prédio ou fracção habitacional;
  • nenhum dos jovens membros do agregado seja parente ou afim do senhorio.

As candidaturas podem ser feitas na internet a partir das 10:00 de hoje, no Portal da Habitação, até às 18:00 (hora do continente) do dia 22 deste mês. 

O portal já tem disponíveis os resultados da candidatura de setembro 2017.

Veja as rendas máximas cobradas por município:

Rendas Máximas 2017 by VanessaCruz on Scribd

Os deputados do grupo de trabalho de Habitação aprovaram, no verão, o alargamento do programa de arrendamento jovem Porta 65 até aos 35 anos - podendo estender-se até aos 37 anos quando se trate de um casal e um dos elementos tenha a idade regulamentar - igual ou superior a 18 anos e inferior a 35 anos -, bem como o reforço da dotação orçamental “em conformidade” com as alterações introduzidas.