O Ikea pediu esta sexta-feira aos clientes que tenham comprado bases para candeeiro GOTHEM que as devolvam por suspeitas de cabos danificados, mesmo que não tenham a fatura ou outro comprovativo da compra, garantindo assim o reembolso na totalidade.

"Esta medida, de prevenção, surge na sequência do relato de alguns casos de danificação dos cabos elétricos na base do candeeiro GOTHEM, que podem levar a que o corpo metálico fique eletrizado, tornando-se num risco para a segurança", afirma a empresa sueca de mobiliário num comunicado divulgado esta sexta-feira e divulgado pela agência Lusa.

O produto está à venda em todos os mercados IKEA, desde outubro de 2015.

A Ikea defende, naquele documento, que a segurança dos produtos é "uma prioridade máxima" para a empresa e que "todos" os artigos Ikea são testados em conformidade com os padrões de segurança aplicáveis e de acordo com a legislação em vigor.