O barril de Brent, petróleo negociado em Londres que serve de referência para Portugal, está a disparar para o valor mais alto dos últimos 10 meses. 

As cotações avançam 1,3% a esta hora, para 52,13 dólares por barril. É preciso recuar a agosto do ano passado para encontrar um valor semelhante.

Fonte: Reuters

Já o crude nova-iorquino está nos 51 dólares por barril, estando igualmente a valorizar.

Foi no final de maio que ambos passaram a barreira dos 50 dólares, conhecendo agora uma evolução ainda mais proeminente.

Acompanhar a evolução das cotações de petróleo é importante porque a média semanal influencia o preço final a pagar pelos combustíveis nos oito dias seguintes.

Depois de uma série de subidas, tanto gasolina como o gasóleo ficaram inalterados esta semana, precisamente porque as cotações na anterior se mantiveram estáveis. 

Os dados da Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferos até março - os últimos conhecidos - mostram que nesse período se vendeu menos gasolina e mais gasóleo em Portugal.