A possibilidade da Reserva Federal norte-americana baixar a taxa de juro de referência já no próximo mês de Junho está a penalizar os mercados bolsistas esta manhã. E a colocar pressão sobre os preços do petróleo.

Um movimento em baixa para o Brent londrino, que serve de referência para as importações portuguesas, e esta manhã negoceia abaixo dos 48 dólares (47,85 dólares).

Razão que levou as energéticas a penalizarem o PSI20 na abertura. O principal índice nacional abriu em baixa, a cair 0,32% para 4.838,37 pontos, e perde 0,16%. Com a Galp Energia a desvalorizar agora 1,83% para 11,775 euros. O mesmo cenário negativo nos casos da EDP e da REN, que descem 0,33% para 2,948 euros e 0,61% para 2,604 euros, respetivamente.

A retalhista Jerónimo Martins não ajudou na abertura mas já recupera e ganha 0,25% para 13,780 euros, depois UBS ter revisto em alta a recomendação de 13 para 16 euros.

Ainda nos sinais positivos, os ganhos do BPI. Sobe 2,55% para 1,166 euros, depois da administração do banco ter avaliado as ações em 1,54 euros, um valor 38% acima dos 1,113 euros propostos na OPA do CaixaBank. Mesmo considerado a oferta "oportuna”, com esta resposta a administração deixa em aberto para uma revisão é alta do preço e é também nisso que estão a apostar os investidores.