O índice de referência nacional, PSI20 avança 2% e acompanha a euforia das praças europeias, lideradas pela bolsa de Paris, depois da confiança dos consumidores franceses ter fixado máximos de oito anos, beneficiando ainda da recuperação do sector automóvel, segundo analistas.

De acordo com a Reuters, o índice FTSEurofirst300, que agrega as 300 maiores cotadas europeias, valoriza 2,5% e as bolsas europeias seguem com ganhos entre 1,9% em Londres e 2,7% em Paris.

A confiança dos consumidores franceses deu um 'pulo' para 97 pontos em Setembro, tocando no nível mais alto desde Outubro de 2007, acima dos 94 pontos esperados por uma poll de economistas.

Suporte adicional do sector automóvel, que recupera das quedas de ontem, com os títulos da Volkswagen a subirem 2% e os da BMW a dispararem 5%, após a revista automóvel alemã Auto Bild ter clarificado a notícia dada ontem de que as emissões de alguns dos automóveis a diesel da BMW também excederiam os níveis regulamentares.

A Auto Bild diz agora que não há provas de manipulação de dados na BMW.

Do outro lado do Atlântico, a presidente da Reserva Federal dos EUA, Janet Yellen, afirmou ontem esperar que o banco central comece a subir taxas no final deste ano, mas só se a inflação se mantiver estável e a economia suficientemente forte para gerar emprego.