A Bolsa de Atenas segue a subir 4,6% mas já esteve a subir mais de 5%, numa recuperação face aos tombos da semana passada.

Os investidores estão a reagir positivamente às palavras do presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, que defendeu este domingo a necessidade de menos austeridade e uma «estratégia de crescimento» para a Grécia, esperando que Atenas possa continuar a fazer parte da zona euro.

Na semana passada a Bolsa de Atenas acumulou fortes perdas, com o setor da banca a ser fortemente penalizado e a perder mais de 40% em bolsa no espaço de uma semana, a primeira do novo governo grego com Alexis Tsripas.

O ATHEX chegou a tombar mais de 10% na passada segunda-feira, com os receios sobre o futuro político e económico da Grécia depois de umas eleições que concentraram toda a atenção dos parceiros europeus.

Os receios de uma eventual saída da Grécia da zona euro atenuaram-se, nomeadamente no sábado, quando a chanceler alemã Angela Merkel descartou, numa entrevista ao jornal «Hamburger Abendblatt», qualquer possibilidade de perdoar qualquer dívida da Grécia. Apesar de ir contra o que Atenas reivindica, quer que os gregos continuem na zona euro.

Já esta segunda-feira  fontes ouvidas pelo «El País» afirmam que a Comissão Europeia está a pensar dissolver a troika como cedência ao novo governo grego, mas apenas se Alexis Tsipras se «agarrar» aos compromissos já assumidos por Atenas.