O PSI20 fechou a cair pela terceira sessão consecutiva, uns ligeiros 0,03% para 5.860,04 pontos, pressionado pela Jerónimo Martins, mas com a Galp a subir mais de 3% impulsionada pelo aumento do preço do petróleo.

Entre os 20 títulos que compõem o principal índice da bolsa portuguesa, 13 fecharam a desvalorizar, dois inalterados (BES e Banif) e cinco subiram.

O peso pesado Jerónimo Martins e ainda Semapa, BPI e Mota Engil destacaram-se a cair mais de 2%, enquanto as empresas de energia impediram uma maior queda do PSI20 ao valorizarem.

A Galp liderou os ganhos, ao avançar 3,45% para 13,06 euros por ação, quando o preço do petróleo segue a valorizar devido aos acontecimentos na Síria.

A banca teve um dia misto, com BPI e BCP a valorizarem e BES e Banif inalterados.