O principal índice da bolsa portuguesa encerrou a sessão desta sexta-feira a baixar 0,80% para 6.199,85 pontos, num dia sem tendência definida na Europa, com a maioria dos títulos em terreno negativo.

Das 20 cotadas que integram o índice de referência português, 14 desvalorizaram, cinco recuaram e a negociação dos papéis do Espírito Santo Financial Group (ESFG) continua suspensa.

A Teixeira Duarte liderou as quedas, perdendo mais de 7% para 0,677 euros, seguida pela Altri (-3,62% para 2,101 euros) e pelos CTT (-2,89% para 7,23 euros).

No setor bancário, o BPI caiu 2,30% para 1,403 euros, o Banif baixou 1,12% para 0,0088 euros e o BCP recuou 0,87% para 0,1031 euros.

Já o BES contrariou a tendência negativa dos congéneres e ganhou 0,24% para 0,42 euros, numa semana marcada pela entrada em funções de Vítor Bento, o novo presidente executivo do banco, e em que o título acumulou perdas de 13%.

Quanto aos pesos pesados, a Portugal Telecom (PT) caiu 1,76% para 1,73 euros, a Galp desceu 1,45% para 12,90 euros. Já a Jerónimo Martins desvalorizou 0,73% para 11,545 euros.

Em contraciclo, a EDP ganhou 0,35% para 3,402 euros.

No resto da Europa, Londres, Paris e Milão avançaram 0,17%, 0,44% e 0,65%, respetivamente, enquanto Frankfurt e Madrid desceram 0,35% e 0,15%.