Expetativa foi a palavra de ordem nas bolsas europeias, esta sexta-feira, com os investidores a aguardarem um sinal de acordo entre a Grécia e as instituições credoras. Nem as notícias de divergências nas propostas de Atenas e dos credores, nem a recusa pelo executivo grego de uma extensão do programa de resgate, provocaram a fuga dos investidores e a queda das bolsas europeias.


Lisboa sobe 0,30%