O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, encerrou a sessão desta terça-feira a cair 1,93% para 5.861,80 pontos, num dia de fortes quedas nos principais mercados acionistas europeus.

Entre os 20 títulos que compõem o PSI20, 18 desvalorizaram e apenas dois fecharam o dia em terreno positivo.

Os títulos da banca voltaram a registar fortes quedas, com o Banif a recuar mais de 8% para 0,01 euros, o BES a cair 6,11% para 0,83 euros, o BCP a baixar quase 2% para 0,10 euros, o BPI a regredir 1,82% para 0,97 euros e a Espírito Santo Financial Group a descer 0,38% para 5,24 euros.

Também os pesos pesados contribuíram para o dia negativo da bolsa portuguesa, com a PT a desvalorizar 3% para 2,82 euros, a Galp a recuar 1,56% para 12,62 euros, a Jerónimo Martins a baixar 1,43% para 15,2 euros e a EDP a cair 0,56% para 2,68 euros.

No resto da Europa, as perdas variaram entre os 0,79% de Londres e os 2,96% de Madrid, num dia em que se registaram as maiores quedas das últimas nove semanas nas praças europeias.

A escalada da tensão na Síria é a razão apontada pelos especialistas consultados pela agência Bloomberg para justificar o dia negro nas bolas europeias, com os investidores a perderem o apetite pelo risco e a apostarem noutros ativos, em detrimento das ações.





Cotadas Variação (%) Fecho (euros)

Altri -0,99 1,89

Banif -8,33 0,01

BCP -1,98 0,1

BES -6,11 0,83

BPI -1,82 0,97

Cofina -1,97 0,45

EDP -0,56 2,68

EDP Renováveis -1,69 3,73

Mota Engil -0,41 2,66

Espírito Santo Financial -0,38 5,24

Galp -1,56 12,62

Jerónimo Martins -1,43 15,2

Portugal Telecom -3 2,82

Portucel 0,72 2,67

REN 0,27 2,21

Semapa -0,54 6,83

Sonaecom -0,44 1,81

Sonae -2,98 0,81

Sonae Indústria -3,91 0,49

ZON -1,75 4,16