A Euro Disney, a operadora na Disneyland Paris, anunciou hoje um projeto de recapitalização de mil milhões de euros, com o apoio e garantia da empresa-mãe americana, a The Walt Disney Company.

Há muito que o grupo sofre de um enorme problema de dívida, que se agravou com a conjuntura económica dos últimos anos, refletindo-se numa redução do número de visitantes, lembra a Lusa.

O plano anunciado hoje deve traduzir-se numa provável OPA e pode levar a uma retirada da Euro Disney da bolsa de Paris.

Segundo reconheceu a empresa, controlada em 40% pela Wal Disney, a perda de visitantes, que cada vez reduzem mais gastos, estão a contribuir para os seus resultados. A Euro Disney prevê fechar o exercício do ano fiscal com prejuízos de 120 milhões de euros, registando ainda uma quebra de 3% nas vendas.