Os mercados financeiros seguem em queda ligeira, com os investidores à espera dos resultados do Eurogrupo desta quinta-feira.

Embora até o ministro grego das Finanças tenha admitido que não espera um acordo nesta reunião, os investidores aguardam por saber se haverá avanços que permitam esse acordo até ao final do mês.

Paris cai 0,8%, Frankfurt desce 0,6%, Milão deprecia 0,5%, Madrid cai 0,3% e Londres desce 0,2%.

No fecho da sessão de ontem a bolsa de Atenas bateu mínimos de três anos. Desde o início do ano já perdeu 17,6%.
Em Lisboa, mantém-se a tónica negativa, com o PSI-20 a liderar as perdas na Europa, ao cair 1,08% nos 5.523,23 pontos.

Destaque para a descida da Sonae, de 2,1%, para os 1,12 euros.

No setor da energia, a Galp cai 1,4%, com os títulos a cotar a 10,63 euros. A EDP desce 1,3%, nos 3,34 euros por ação.

 No setor da banca, a tendência é mista: enquanto o BCP cai 1,4%, mantendo o preço das ações em 0,08 euros, o BPI avança ligeiros 0,2% para 1,24 euros, a recuperar das perdas de ontem.

Os acionistas votaram esta quarta-feira contra a desblindagem dos estatutos do banco, condição essencial para o sucesso da opa lançada pelo Caixabank. Resta agora saber o que vai o banco espanhol fazer, sendo que o caminho apontado pelos analistas é o de subir o preço da oferta.