O número de milionários diminuiu ligeiramente este ano, pela primeira vez desde 2009, e a sua fortuna global também recuou, segundo a revista Forbes, que aponta o norte-americano Bill Gates como o homem mais rico do mundo.

Na lista anual de 2016 da revista surgem 1.810 milionários, menos 16 do que há um ano. O conjunto da fortuna que representam diminuiu em 570 mil milhões de dólares (cerca de 525 mil milhões de euros ao câmbio de hoje) e a fortuna média destes milionários também baixou ficando em 3,6 mil milhões de dólares (3,3 mil milhões de euros), menos 300 milhões de dólares em relação ao ano passado.

A revista explica este recuo com a instabilidade em bolsa, a baixa do preço do petróleo e um dólar forte.

Entre as personalidades nacionais, Américo Amorim volta a destacar-se como o português mais rico nesta lista. O “rei da cortiça” continua a superar a barreira dos quatro mil milhões de dólares (3,8 mil milhões de euros) e encontra-se na 369ª posição.

Da lista fazem ainda parte Belmiro de Azevedo e Alexandre Soares dos Santos, o dono da Jerónimo Martins.
Soares dos Santos subiu 200 posições na lista, passando para a 854ª posição, com uma fortuna avaliada em 2,1 mil milhões de dólares (1,9 mil milhões de euros).

Já Belmiro de Azevedo está na posição 1.121 desta lista, com uma fortuna estimada em 1,6 mil milhões de dólares (1,46 mil milhões de euros).