Numa tentativa de separar as águas, em nome do BES, José Maria Ricciardi escreveu uma nota aos colaboradores e parceiros do banco para lhes transmitir uma palavra de confiança sobre o futuro.

CMVM suspende ações do BES

BES abalou a bolsa nacional

BES dá instruções sobre como lidar com receios dos clientes

Numa nota divulgada pelo jornal «Público», o presidente do Banco Espírito Santo Investimento (BESI) afirma que «o BES não é responsável pelas dívidas» da família Espírito Santo, que já não controla o BES.

Ricciardi sublinha que toda a informação que tem surgido na imprensa e nos mercados sobre pagamentos em falta são referentes a empresas da família por ela controladas e nada têm a ver com o BES.