holdingversão do contabilista

«Na parte que eu assisti, o dr. Machado da Cruz disse que havia pessoas no grupo que sabiam que dívida não estava totalmente refletida, mas que não sabiam o montante [foram 1,3 mil milhões de euros]»


controller

«Ricardo Salgado, José Manuel Espírito Santo e Manuel Fernando Espírito Santo»


«Não ouvi o dr. Machado da Cruz dizer A, B ou C mandou-me fazer isto»

«Eu não sei qual é a verdade. Não sou dono de nenhuma verdade, nem atribuo verdade ou mentira a qualquer pessoa». «Se me pergunta se as declarações do Dr. Machado da Cruz correspondem exatamente à verdade, só ele poderá responder»

«a verdade do dr. Machado da Cruz não foi discutida»

«Segundo me foi transmitido pelo próprio, desconheceria a situação»

O que disseram os três citados nas suas audições?

Ricardo Salgado

José Manuel Espírito Santo

Manuel Fernando Espírito Santo

«Até ganhei algum respeito por Machado da Cruz»

«O que eu disse, e voltaria a dizer hoje, é que era indispensável o Dr. Machado da Cruz, responsável por aquele repositório, colaborasse na resolução» do problema. «Se tivesse desaparecido (...). Se tivesse levado às últimas consequências a sua demissão e tivesse abandonado completamente (...) a sua saída de cena tornaria o apuramento das coisas muitíssimo mais complicado»


Explicação do passivo da ESI feita com «suposições»

«Possivelmente seria da consolidação, possivelmente seria um erro contabilístico. A ESI não tinha uma estrutura própria de contabilidade. Nessa reunião, não houve nenhuma explicação concreta sobre a ausência da dívida»










holding

a derrocada do Grupo Espírito Santo se deveu a falhas de controlo interno e externo