Mais de 4.400 pessoas perderam o Rendimento Social de Inserção (RSI) entre outubro e novembro, mantendo-se a tendência de quebra registada mensalmente, havendo atualmente quase 235 mil beneficiários, segundo os dados mais recentes do Instituto de Segurança Social.

Os números da Segurança Social, com atualização a 06 de dezembro, mostram que o mês de novembro terminou com o registo de 234.929 beneficiários do RSI, depois de em outubro ter havido 239.392, o que significa que 4.463 pessoas perderam esta prestação social.

Já olhando para o período homólogo, a quebra é bastante mais acentuada, uma vez que em novembro de 2012 a Segurança Social tinha registado 281.415 beneficiários, o que representa uma quebra de 16,5% e que 46.486 pessoas perderam o direito a receber RSI.

Os dados da Segurança Social revelam igualmente que a maioria dos beneficiários do RSI está concentrada nos distritos do Porto (67.017), Lisboa (45.413) e Setúbal (18.520).

É também nos distritos do Porto e Lisboa que se concentra o maior número de famílias a beneficiar deste apoio, com 28.481 e 19.312, respetivamente.

No total, 98.670 famílias beneficiavam deste apoio em novembro, menos 1.862 em relação a outubro.

Comparando com o período homólogo, há menos 13.902 famílias a receberem RSI, depois de terem sido 112.572 em novembro de 2012.

Segundo o ISS, o valor médio por beneficiário aumentou ligeiramente entre estes dois meses, passando de 85,89 euros, em outubro, para 86,60 euros, em novembro.

Por família, o valor passou de 208,85 euros em outubro, para 209,67 euros no mês passado.