Portugal ganhou o prémio País 2014 para a Europa atribuído pela Child and Youth Finance International (CYFI), uma distinção que reconhece o trabalho das autoridades governamentais na promoção da educação financeira dos jovens prevista no Plano Nacional de Formação Financeira (PNFF).

Numa nota hoje divulgada, o Banco de Portugal diz que o Prémio País (Country Awards) reconhece, em particular, o trabalho desenvolvido pelos supervisores financeiros e pelo Ministério da Educação e Ciência no âmbito da formação financeira nas escolas.

Portugal esteve nomeado para o prémio País 2014, juntamente com a República Checa e com a Turquia, e acabou por ser galardoado devido ao plano nacional lançado em finais de 2011 pelo Banco de Portugal, Comissão do Mercado de Valores Mobiliários e Instituto de Seguros de Portugal, no quadro do Conselho Nacional de Supervisores Financeiros.

Esse plano nacional incluiu a publicação dos Princípios Orientadores, o lançamento do Portal Todos Contam, o lançamento do Concurso Todos Contam, a realização do Dia da Formação Financeira e a elaboração de uma proposta de Referencial de Educação Financeira.

A cerimónia de entrega do Prémio País 2014 teve lugar esta quinta-feira em Nova Iorque, à margem da Cimeira Anual da CYFI organizada em conjunto com o United Nations Capital Development Fund (UNCDF) para colocar na agenda das Nações Unidas para o Desenvolvimento pós-2015 o objetivo de criar condições para que todos os jovens, ao entrarem na idade adulta, tenham uma vida digna, através do acesso ao emprego ou da criação do próprio emprego.

A CYFI defende que a integração da formação financeira no currículo escolar é um elemento fundamental para preparar os jovens para a integração no mercado de trabalho.



A organização conta com o apoio pessoal do Secretário-Geral das Nações Unidas e com uma rede alargada de mais de 1000 entidades associadas, onde se incluem organismos supranacionais, como a OCDE e a UNICEF.