A Jerónimo Martins foi a estrela do dia na Euronext Lisboa, com as ações da retalhista a subirem 3,95% para 12,500 euros. O peso da empresa do índice PSI-20 acabou por ser decisivo no fecho positivo do mercado português. O índice PSI-20 ganhou 0,2%, para os 5.825 pontos, em contraciclo com a generalidade das praças europeias que fecharam com quedas ligeiras.

A Mota-Engil foi outro destaque da sessão, com as ações a ganharem 1,47%, para 2,765 euros, a beneficiarem das notícias que dão conta de novos contratos que a Mota-Engil conseguiu no Brasil (57 milhões de euros na expansão de um porto) e em França.
 
A Pharol (antiga Portugal Telecom SGPS) recuperou 1,11% para 0,365 euros, a beneficiar das notícias sobre os avanços da reorganização da Oi.
 
Do lado das quedas maior destaque para a EDP (recuou 1,13%, para 3,587 euros) e Millennium BCP (queda de 1,14%, para 0,0782 euros). Em relação ao BCP, que apresenta resultados semestrais na próxima segunda-feira, o Caixa BI disse esperar que o banco apresente os melhores resultados referentes ao primeiro semestre dos últimos cinco anos.
 
Outras notas para a Teixeira Duarte, que deslizou 1,71%, para 0,575 euros, e para a Semapa, que liderou as quedas no PSI-20, ao recuar 2,8%, para 12,115 euros.