A agência de notação financeira DBRS melhorou o 'rating' atribuído a Portugal de 'BBB (baixo)' para 'BBB', com perspetiva estável, foi anunciado esta sexta-feira.

Segundo a agência canadiana, a revisão em alta reflete o entendimento de que a sustentabilidade da dívida portuguesa melhorou, apoiada numa consolidação das finanças públicas "mais duradoura".

A DBRS recorda que, depois de estabilizar em torno dos 130% entre 2014 e 2016, a dívida pública em percentagem do PIB caiu para 125,7% e "projeta-se que continue a cair".

"Excelente notícia", diz Costa

O primeiro-ministro congratulou-se, esta sexta-feira, com a decisão da agência de notação financeira DBRS de subir o 'rating' de Portugal, considerando ser uma "excelente notícia", que estimula ainda mais o trabalho do atual Governo.

Esta posição foi comunicada por António Costa através da rede social Twitter, pouco depois de a agência de notação financeira canadiana ter anunciado que passou o 'rating' de Portugal de 'BBB (baixo)' para 'BBB', com perspetiva estável.

A DBRS subiu o 'rating' de Portugal para BBB com perspetiva estável. Uma excelente notícia que nos estimula ainda mais para continuarmos a trabalhar", escreveu o primeiro-ministro.

Segundo a agência canadiana, a revisão em alta reflete o entendimento de que a sustentabilidade da dívida portuguesa melhorou, apoiada numa consolidação das finanças públicas "mais duradoura".

A DBRS refere que, depois de estabilizar em torno dos 130% entre 2014 e 2016, a dívida pública em percentagem do PIB caiu para 125,7% e "projeta-se que continue a cair".