Os republicanos no Congresso norte-americano acusaram hoje o Presidente, Barack Obama, de ter recusado a proposta do partido sobre o teto da dívida, endurecendo o tom da discussão ao fim de dois dias.

«Fomos negociar e ele [Obama] não aceitou nenhuma proposta», declarou o representante Darrell Issa, à saída de uma reunião à porta fechada na manhã de hoje.

Entretanto, Barack Obama considerou «um feito positivo» que os republicanos da Câmara de Representantes tenham concordado com a necessidade de evitar a suspensão dos pagamentos, a dias de acontecer, ainda que tenha instado a que se ponha fim o quanto antes à paralisação da administração federal, que já vai no 13.º dia.