Os bancos portugueses voltaram a aumentar, em setembro, o financiamento junto do Banco Central Europeu (BCE), para 51,8 mil milhões de euros. Esta foi a quarta subida consecutiva.

A exposição da banca nacional ao BCE subiu 279 milhões de euros face a agosto, mas é inferior ao valor de 55,585 mil milhões de euros, registado em setembro de 2012.

Os bancos portugueses têm recorrido à cedência de liquidez do BCE para fazer face aos constrangimentos registados no mercado interbancário europeu, tendo atingido um máximo de 60,502 mil milhões de euros em junho de 2012.