O vice-governador do Banco de Portugal, Pedro Duarte Neves, e o presidente da CMVM, Carlos Tavares, foram eleitos vice-presidentes da Autoridade Bancária Europeia (EBA) e da Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários (ESMA), disseram estas entidades em comunicado.

A 1 de julho, na passada segunda-feira, Pedro Duarte Noves foi eleito vice-presidente da EBA, devendo cumprir um mandato de dois anos e meio, até final de 2014. O vice-governador do Banco de Portugal foi escolhido no conselho de supervisores da EBA, em que participam os representantes das 28 Autoridades de Supervisão da União Europeia.

Também Carlos Tavares, presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), vai ficar nos próximos dois anos e meio como vice-presidente da Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários (ESMA). No caso do presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), esta é uma reeleição, uma vez que já exerce este cargo.

A ESMA, criada em janeiro de 2011, é o regulador europeu dos mercados financeiros, sendo presidida pelo holandês Steven Maijoor. Já a EBA, fundada na mesma altura como parte do Sistema Europeu de Supervisores Financeiros, é liderada pelo italiano Andrea Enria.

Portugal tem ainda Gabriel Bernardino como presidente da Autoridade Europeia dos Seguros e Pensões Complementares de Reforma (EIOPA). Este dirigente do Instituto de Seguros de Portugal (ISP) foi eleito em 2011, para um mandato de cinco anos, pelas autoridades de supervisão de seguros e fundos de pensões da União Europeia.