Os portugueses que trabalham no estrangeiro enviam cada vez mais dinheiro para Portugal. Só na primeira metade do ano foram enviados 1.541,7 milhões de euros. Os dados constam do Boletim Estatístico do Banco de Portugal publicado esta quinta-feira.

É um aumento de 121 milhões de euros do que em igual período no ano passado, e corresponde a cerca de 8,5 milhões de euros por dia.

França e Suíça continuam a ser os principais países de origem das remessas e representam mais de metade do valor total registado.

A França foi o país que mais contribuiu para este valor, tendo os emigrantes portugueses enviado quase 500 milhões de euros para Portugal no primeiro semestre, o que revela uma subida de 13,8% face aos 437,7 milhões enviados no mesmo período do ano passado.

As remessas provenientes da Suíça também subiram, mas não tanto: o dinheiro enviado pelos portugueses totalizou 370,8 milhões de euros, revelando um aumento de 9,3% face aos 339,1 milhões enviados nos primeiros seis meses do ano passado.