Em novembro a dívida pública foi de 231,3 mil milhões de euros, uma subida de dois mil milhões de euros face ao final do mês anterior.

Segundo a nota do Banco de Portugal, a subida reflete um aumento de empréstimos (0,9 mil milhões de euros) e emissões líquidas positivas de títulos (1,0 mil milhões de euros), nomeadamente de obrigações do Tesouro.

A subida dívida pública foi acompanhada por um aumento mais acentuado dos ativos em depósitos (2,5 mil milhões de euros), pelo que a dívida pública líquida de depósitos da administração central registou uma redução de 0,5 mil milhões face ao mês anterior, ascendendo a 213,0 mil milhões de euros no final de novembro de 2015.