A dívida pública na ótica de Maastricht, a que conta para Bruxelas, aumentou 1,3 mil milhões de euros em agosto, face a julho, situando-se em 250,4 mil milhões de euros, divulgou o Banco de Portugal (BdP).

Esta variação, sinaliza a instituição, reflete emissões líquidas de títulos de 2,4 mil milhões de euros e uma diminuição de empréstimos de 1,2 mil milhões de euros, essencialmente por via do reembolso antecipado de empréstimos do Fundo Monetário Internacional (no montante de 0,8 mil milhões de euros).

Os ativos em depósitos da administração central aumentaram, por sua vez, três mil milhões de euros.

A dívida pública líquida de depósitos da administração central registou um decréscimo de 1,7 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 228,4 mil milhões de euros, acrescenta.

Análise da dívida pública - agosto de 2017