A dívida pública na ótica de Maastricht, calculada de acordo com a definição utilizada no Procedimento dos Défices Excessivos, caiu em junho para os 246,7 mil milhões de euros, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

De acordo com os dados hoje divulgados pelo BdP, a dívida reduziu-se em 3,6 mil milhões de euros relativamente ao final de maio, mês em que atingiu um máximo histórico de 250,3 mil milhões de euros.

Este é o valor mais baixo do montante de dívida pública desde março deste ano.

A justificar esta descida está o decréscimo dos títulos de dívida e dos empréstimos.

Os ativos em depósitos das administrações públicas diminuíram 4,8 mil milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida de depósitos registou um aumento de 1,1 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 227,5 mil milhões de euros”, explica o BdP.