O crédito ao consumo cresceu 10,8% em fevereiro de 2015 face ao mesmo mês do ano passado e ultrapassou os 354 milhões de euros, divulgou esta quarta-feira o Banco de Portugal (BdP).

De acordo com os dados relativos à evolução dos novos créditos aos consumidores, além da subida homóloga de 10,8% verificada entre fevereiro de 2014 e fevereiro de 2015, os montantes envolvidos subiram 7,3% em fevereiro face a janeiro deste ano.

Por tipo de contrato de crédito, o crédito automóvel voltou a liderar em fevereiro os novos contratos de crédito concedidos, tal como aconteceu no primeiro mês do ano: o crédito automóvel com reserva de propriedade e outros (novos) subiu 46,3% em fevereiro último face ao mesmo mês do ano passado, para os 23,1 milhões de euros.

No crédito pessoal, aqueles contratos sem finalidade específica, lar, consolidado e outras finalidades, foi registada uma subida de 5,8% em fevereiro, face ao mês homólogo de 2014, para 164,6 milhões de euros, segundo o BdP.

Já os contratos de crédito pessoal com finalidade de educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos baixaram 19,2% em termos homólogos para um total de 1,6 milhões de euros.

Quanto aos novos contratos referentes a cartões de crédito, linhas de crédito, contas correntes bancárias e facilidades de descoberto, houve um recuo de 5,2% em fevereiro deste ano face ao mês homólogo, para 74,2 milhões de euros.