O crédito ao consumo totalizou em junho 409.382 milhões de euros, um aumento de 21,5% em relação ao período homólogo. Em relação ao mês anterior, a subida foi de 3%, segundo dados do Banco de Portugal.

Os créditos pessoais sem finalidade específica continuam a ser aqueles em que aumento é maior: 174,2 milhões de euros, uma subida de 14,8% relativamente ao mês homólogo.

Já o crédito automóvel atingiu os 150,5 milhões, uma subida de cerca de 40% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

No caso dos cartões de crédito o aumento foi de 6,3%, fixando-se em 82,9 milhões.