As contas externas de Portugal registaram um défice de 100 milhões de euros no primeiro mês de 2016, menos 136 milhões do que no mesmo período de 2015, informou hoje o Banco de Portugal.

De acordo com uma nota estatística relativa à balança de pagamentos, hoje divulgada pelo Banco de Portugal, a balança corrente registou um défice de 157 milhões de euros em janeiro, ao passo que a balança de capital teve um saldo positivo de 56 milhões de euros, resultando as contas de Portugal com o estrangeiro num défice de cerca de 100 milhões de euros no primeiro mês deste ano.

O banco central indica que "o saldo da balança de bens e serviços diminuiu 0,05 mil milhões de euros face ao mês homólogo", uma evolução que "foi determinada pela balança de serviços, com as exportações a apresentarem decréscimos mais acentuados do que as importações (variação homóloga de -4,3 e -2,0 por cento, respetivamente)".

Além disso, o Banco de Portugal destaca a rubrica de viagens e turismo, "cujo saldo diminuiu em relação ao mesmo mês do ano anterior", traduzindo o comportamento das componentes de exportações (-2,1%) e de importações (+5,1"), sendo que a queda das exportações se deve principalmente à queda de receitas provenientes de Angola (variação homóloga de -58%).