A atividade económica e o consumo privado em Portugal diminuíram ligeiramente em julho face ao mês anterior, segundo indicadores divulgados esta quarta-feira pelo Banco de Portugal (BdP).

De acordo números divulgados pelo banco central, o indicador coincidente mensal para a evolução homóloga da atividade económica desceu para 0,8% em julho, depois de em junho ter sido de 0,9%.

Também o indicador coincidente mensal para a evolução homóloga do consumo privado diminuiu para 2,1% em julho, depois de ter sido de 2,2% em junho.

Estes abrandamentos ligeiros interrompem ciclos de aceleração que vinham desde o final do ano passado, no caso da atividade económica, e de estabilização que se verificava desde março, no caso do consumo.

Os indicadores coincidentes são indicadores compósitos que procuram captar a evolução subjacente da variação homóloga do respetivo agregado macroeconómico.