Entrou no Tribunal Administrativo de Lisboa uma ação de impugnação da medida de resolução aplicada ao Banif, bem como a venda ao Santander Totta.

A ação é contra o Banco de Portugal e, segundo a petição a que o Diário Económico teve acesso, os 40 lesados do Banif querem a anulação de todas as deliberações que levaram à resolução.

Os autores da ação querem ainda que o Banco de Portugal indemnize os acionistas e credores “pelos danos incalculáveis causados ao património do Banif”.

De acordo com o Diário Económico, os autores da acção são Nuno Santos Ferro e 39 outros acionistas e obrigacionistas do Banif  e o réu é o Banco de Portugal. Os advogados dos lesados são Miguel Reis (que já tinha sido contratado por alguns lesados do BES) e Alberto Vaz.