Os bancos emprestaram 4,2 mil milhões de euros em novas operações de crédito às empresas, em janeiro deste ano, menos 13,5% do que no mês anterior, segundo números do Banco de Portugal.

De acordo com os números hoje divulgados pelo banco central, em janeiro de 2014, os bancos concederam novos empréstimos às famílias no valor de 4,2 mil milhões de euros, o que compara com os 4,8 mil milhões concedidos em dezembro do ano passado.

Em termos homólogos, registou-se uma queda de cerca de 11% nos novos créditos concedidos pelos bancos às empresas, uma vez que, em janeiro de 2013, foram concedidos cerca de 4,7 mil milhões de euros em novos empréstimos.

Quanto aos particulares, no primeiro mês de 2014, foram concedidos 499 milhões de euros em novas operações de crédito, uma queda de 27% face ao mês anterior, em que foram concedidos 687 milhões de euros às famílias em novas operações de crédito.

Numa comparação homóloga, em janeiro, verificou-se também uma quebra dos empréstimos concedidos às famílias, ainda que menos acentuada, de -2,5%, uma vez que, em janeiro de 2013, a banca concedeu 512 milhões de euros em créditos dirigidos às famílias.