O Novo Banco vai divulgar publicamente os primeiros resultados de 2014, mas só o fará depois das contas estarem auditadas pela PriceWaterHouseCoopers, ou seja, a apresentação dos números só deverá acontecer em março, segundo o «Jornal de Negócios».

As contas dirão respeito aos primeiros cinco meses de atividade do banco, que foi criado na sequência do resgate ao Banco Espírito Santo e que foi recapitalizado com 4,9 mil milhões de euros.

O facto de a PwC já ter auditado o balanço de abertura do Novo Banco deverá facilitar a certificação de resultados, já que permitiu à empresa de auditoria ficar a conhecer em pormenor o património e as responsabilidades da instituição.