O líder da lista "Renovar o Montepio", António Godinho, acusou o presidente do grupo mutualista, António Tomás Correia, de querer impor um projeto pessoal na instituição, considerando que a atual administração acumulou "erros de gestão" nos últimos anos.

"Nós não queremos um ‘dono disto tudo' no Montepio. Os ‘donos disto tudo’ são os associados e tem que ser numa ótica participativa, democrática, e não numa perspetiva de controlo e de projeto pessoal como tem acontecido nos últimos anos", lançou António Godinho.